Background Image

AMBIENTES

AMBIENTES


O módulo AMBIENTES concentra-se nas casas, espaços públicos, edifícios e mobilidade, que são os domínios que constituem a dimensão física dos ambientes amigos de todas as idades, da OMS. Sem dúvida, o ambiente influencia amplamente a saúde e bem-estar e, quando implementado adequadamente, pode ajudar as pessoas a permanecer saudáveis ​​e independentes por mais tempo. Isto é vital, tendo em conta o crescente número de pessoas mais velhas em toda a Europa, particularmente vulneráveis ​​ao ambiente físico de baixa qualidade. Quanto mais seguro, confortável, inteligente e fácil de manter o ambiente construído for, mais as pessoas serão capazes de permanecer saudáveis, o que significa uma maior economia na assistência social e de saúde. Neste sentido, para além de focar nas dimensões puramente físicas, o módulo AMBIENTES também prestará atenção à assistência médica, social e de saúde.

A área AMBIENTES tem como objetivo fornecer pacotes de formação e ferramentas práticas para melhorar as competências de pessoas de todas as idades, de forma a permitir que possam escolher a criação de ambientes saudáveis, inteligentes e amigáveis ​​para as suas próprias casas ou bairros. Um outro objetivo é ensinar facilitadores, conselheiros e utilizadores finais a remover barreiras físicas e criar habitações confortáveis, seguras, inteligentes e fáceis de manter, bem como, de espaços públicos, especialmente para pessoas que têm problemas de movimento livre ou para pessoas com doenças como a demência. As principais áreas de interesse são casas, espaços públicos, incluindo prédios públicos, mobilidade e design adequado, de acordo com as questões saudáveis ​​das pessoas mais velhas. Os pacotes incluem informações sobre design universal, adaptação e modernização de apartamento e o desenvolvimento da acessibilidade. O objetivo comum a todos os módulos é melhorar a inclusão social.

Módulos

Básico

O Módulo Básico contém informações sobre as necessidades essenciais, relativamente ao design do ambiente físico de pessoas com dificuldade de movimentos e/ou locomoção ou com doenças como demência e doença de Parkinson.

O módulo fornece informações básicas sobre as principais barreiras para estas pessoas, tanto em apartamentos como nos espaços públicos, incluindo edifícios públicos. Também contém regras de design para ambientes saudáveis, inteligentes e amigáveis e erros comuns no design para pessoas mais velhas.

Habitação

Um número significativo de acidentes com pessoas mais velhas ocorre em casa, local onde passam a maior parte do tempo. Assim, é vital que a qualidade e os padrões da habitação sejam aprimorados de forma a estarem alinhados com as necessidades das pessoas mais velhas. Isto terá um impacto positivo na capacidade de permanecer saudável e independente por mais tempo.

O módulo concentra-se em três características básicas, que devem caracterizar as habitações amigáveis: segurança, conforto e fácil manutenção. Para cada um dos recursos, devem ser desenvolvidas recomendações. O objetivo do módulo é produzir um pacote de formação que inclua todas estas recomendações.

Espaços e edifícios públicos

O crescimento do envelhecimento e de bairros onde vivem grupos minoritários, com possíveis situações e marginalização e isolamento pode eventualmente representar uma ameaça para a comunidade local. Para combater estes processos negativos, os espaços públicos devem incentivar todos os utilizadores a interagir e a sair de casa. A integração intergeracional é de grande importância, pois promove a construção da comunidade local e ajuda na criação de apoio à vizinhança. Os espaços internos também têm uma importância vital, pois possibilitam reuniões e encontros, independentemente das condições climáticas.

O objetivo deste módulo é produzir um pacote de formação para usuários de todas as idades sobre como desenvolver espaços e edifícios públicos inclusivos.

Mobilidade

O isolamento e a solidão são os maiores desafios enfrentados pelas sociedades relativamente ao envelhecimento. É importante permitir que as pessoas mais velhas se movimentem livremente quando e onde quiserem, pois isso pode ajudar a manter laços sociais e a diminuir o isolamento.

O objetivo deste módulo é mostrar aos facilitadores, conselheiros e pessoa mais velhas que as barreiras na mobilidade podem ser encontradas em várias escalas: habitação, construção e espaços público e ensinar-lhes soluções, o que ajudaria a reduzir essas barreiras.

AMBIENTES E VIDA SAUDÁVEL

O ambiente pode ser particularmente hostil para as pessoas com incapacidade física ou mental. Portanto, é importante procurar soluções que possam ajudar as pessoas com, por exemplo, demência para se manterem ativas o maior tempo possível.

O módulo tem como objetivo encontrar recomendações para o design adequado e o uso de tecnologias assistidas em habitações, prédios e espaços públicos. Estas recomendações serão transferidas para pacotes de formação para todos os envolvidos na criação, gestão ou ocupação destes espaços.